tids and bits

Queridos,

Minha vida está tão corrida! Essa semana retomei várias atividades (balé e Vetor), voltei a ler o 1Q84, by Murakami, finalmente arrumei uma agenda física, que não fosse o google calendar (que é ótimo, mas eu lido muito melhor com papel mesmo) e agora arrumei um tempinho para falar com vocês :)

Algumas coisas que quero comentar:

*Vi On the road, finally!

Eu fui esperando um filme leeento e, de fato, acho que muitas pessoas tiveram essa impressão, mas eu achei o ritmo just right. Entrei sem muitas expectativas e saí apaixonada, mesmo! Amei tudo sobre o filme, a trilha, os atores, a direção (Walter Salles, meu ♥). A vontade é mesmo de hit the road, sem um centavo, sem rumo, sem lenço e sem documento e com boa música – of course. Estou louca para ler o livro, mas tenho o Murakami para acabar e o próximo do nosso grupo de leitura – O habitante irreal, de Paulo Scott, autor recomendado pela Lu nesse post aqui!

(e para não perder o fio da meada, tenho que citar o super barraco hollywoodiano – o maior desde brad & angelina? hahaha ;)

*The dark knight rises é exhilarating!

Eu e minha irmã, em um ímpeto de curiosidade, decidimos com 20 minutos de antecedência ir ver o filme nessa última segunda-feira. Não nos arrependemos, é um épico! A descrição que estou dando para todos é: com 20 minutos de filme, uma cena de ação me levou a colocar as mãos nas bochechas, de susto/ansiedade, e assim permaneci até o final. A mulher gato está ideal, o Batman está lindo (♥) e o Joseph Gordon-Levitt está mais do que nunca no meu top 5 :) Não vou falar mais senão vou contar o que não devo (sou a melhor do mundo em dar spoiler).

*Além disso, queria citar a auto-entrevista que a Jo postou, no maravilhoso Cup of Jo! Achei muito legal e inspiring! Acho tão bacana (bacana! de onde desenterrei essa?) ver que minha musa inspiradora (de verdade, hahaha) é uma pessoa como qualquer outra, acho que é por isso que gosto tanto do blog dela :)

*Vi esse vestido na Farm e me apaixonei, achei feminino, delicado e sexy ao mesmo tempo. O que vocês acham?

Eu e Flávia achamos que talvez ele seja misinterpreted, por mostrar um pouco da barriga (barriga? mais cintura), mas é justamente disso que gostei! Os meninos lá do escritório acharam bonito, com exceção de um, que achou mediano.

Eu já me imagino com um batom vermelho, meu tênis azul clarinho e meu novo corte de cabelo (sábado! torçam por mim!).

O que vocês acham?

ps: imagem do batman+catwoman enviada pelo Rodrigo, meu amigo querido! obrigada :)

Anúncios

6 thoughts on “tids and bits

  1. Nossa, amiga, quanta informação! Hahaha! Como vc bem sabe, eu ainda não vi ‘On the Road’ (né? NÉ?!), mas tenho ouvido falar muito bem dele, estou ansioso para fazê-lo. ‘The Dark Knight Rises’, however, maior decepção do ano pra mim! Não vou ser um desses hipsters que se decepcionou com o filme, mas pra não pagar de azedo, louva os méritos do longa! Falo mal mesmo: Joseph Gordon-Levitt estava mesmo fodástico (as always), a Anne Hathaway valeu o filme pra mim, e… é, só. Sei lá, as cenas de ação, de repente? Apesar de ter rolado algumas cenas de ação apenas idiotas, a maior parte delas foi legal mesmo. Agora, sejamos sinceros: achei o ritmo do filme ruim, achei os plot-twists manjados e mal conduzidos, achei o desenvolvimento das relações entre Batman-Robin, Batman-Talia e Batman-Mulher Gato MTO artificiais, assim, quase que gerados espontaneamente do ar! Achei o final MTO corrido, com um monte de cenas quase nonsense costuradas umas nas outras pra não deixar loose ends… Cara, sério, eu podia continuar falando um monte, mas vou parar pro mundo não me odiar (pra sempre).

    obs1: Peguei muito essa mania de misturar english expressions in the middle of phrases em português… Eu sou um douchebag agora? Eu sou um douchebag por usar a palavra “douchebag” com tanta frequencia?!

    obs2:Saudades suas, xuxu, acostumei-me com nossos almoços, uma semana sem eles me é estranha.

    • ah, que pena que você não gostou! eu não achei nada disso, achei the perfect action movie, adorei baldes! :D
      vc nao é um douchebag e vamos almoçar amanhã!

  2. ahh tô surtando pq tô sem tempo de ir ao cinema durante a semana…e no fds acho meio caótico, odeio pessoas falando durante o filme! hahaha
    tô ansiosa pra ver on the road desde que soube que iam lançar, comecei a ler o livro e tô quase no fim, mas não é muito o meu estilo, sabe? tô achando meio chato. tem total o seu valor, e se a gente remeter à época em que ele foi escrito vira algo muito importante de fato.. mas depois de ler “cem anos de solidão”, e amar, é difícil adorar a linguagem do jack kerouac. anyway, sempre vale ler livros importantes assim, né? mas acho que vou preferir o filme, com certeza!!!

    • Mari, você não é a primeira pisciana que me diz que não curtiu o livro! hahaha Eu acabei de comprar para ler, vamos ver no que dá. Mas me disseram que o fime e o livro têm linguagens muito parecidas! Quando você assistir, me conta o que achou!
      Se você se interessar, uma amiga minha falou que O uivo, do Allen Ginsberg, é muito mais legal que o On the road, mas é de poesia, não sei se você gosta :)
      Quando eu acabar ler o Kerouac, trocamos figurinha ;)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s